Notícias

conheça os novos recursos para corrigir erros de refração

conheça os novos recursos para corrigir erros de refração

Os erros de refração (miopia, hipermetropia, astigmatismo e presbiopia) causam dificuldade para enxergar com nitidez. Quando uma pessoa precisa se esforçar muito para focalizar uma imagem, é possível que ela esteja com um problema de refração, que precisará ser avaliado e corrigido. É importante entender que existem outras doenças que podem estar causando esses sintomas, por isso, o paciente que apresenta esse tipo dificuldade deve procurar o médico oftalmologista, que irá conduzi-lo ao diagnóstico preciso e indicar as melhores opções de tratamento.

Quando se fala em tratamento para esses problemas oculares, é comum pensarmos no uso de óculos ou de lentes de contato. Essas opções são bastante viáveis e utilizadas por pessoas de diferentes idades ao redor do mundo. Mas a boa notícia é que há alternativa para aqueles que sonham diminuir – ou mesmo eliminar – sua dependência do uso de óculos ou lentes de contato para corrigir os erros de refração: a cirurgia refrativa. Vamos conhecer um pouco mais sobre ela?

A cirurgia refrativa tem por objetivo alterar o ponto no interior do olho onde a imagem é formada. Considerada uma das maiores revoluções oftálmicas das últimas décadas, a cirurgia ocular a laser é um procedimento altamente sofisticado, que pode corrigir problemas como miopia, astigmatismo e hipermetropia.

A técnica cirúrgica empregada será proposta ao paciente pelo seu oftalmologista a partir da avaliação do caso. O médico pode propor a utilização do excimer laser (PRK ou Lasik), ou ainda o implante de lentes intraoculares.

A cirurgia refrativa tradicional utiliza alta tecnologia e requer experiência e técnica do cirurgião, mas corrige os graus a partir de exames que são o ponto de partida para que ele calcule a correção que será necessária. Há alguns anos, a evolução da tecnologia permitiu o desenvolvimento de cirurgias ainda mais precisas, que levam em conta a individualidade dos olhos. Essas cirurgias são chamadas de cirurgias refrativas personalizadas. Vários parâmetros oculares (curvatura, espessura da córnea, etc) são avaliados para programação de uma cirurgia mais precisa.

WAVEFRONT

O Wavefront é outro grande avanço que pode ser utilizado como recurso em cirurgias refrativas a laser, possibilitando uma correção altamente personalizada. O equipamento é utilizado para capturar uma espécie de “impressão digital” do olho, levando a detecção altamente precisa de defeitos ópticos do paciente. Essas informações são armazenadas em um cartão que é inserido no equipamento e utilizado pelo cirurgião durante a cirurgia para direcionar a aplicação do laser.

FEMTOSECOND LASER

O femtosecond é outro tipo de laser que pode ser empregado em cirurgias para correção de grau (Refrativa), principalmente quando utilizamos a técnica chamada Lasik. Antes do desenvolvimento desse laser o procedimento era realizado somente com o auxílio de lâminas.

MAIS TECNOLOGIA A SERVIÇO DA CORREÇÃO DE ERROS REFRATIVOS

As lentes intraoculares (LIO) foram desenvolvidas na Inglaterra, em 1945, pelo cirurgião Harold Ridley. Ao contrário das lentes de contato, as lentes intraoculares são inseridas na parte interna do globo ocular, para substituir o cristalino natural, quando ele está opaco. Esse procedimento é mais comum em casos de catarata, mas avanços tecnológicos estão possibilitando o uso de um tipo de LIO para também tratar problemas de refração.

O implante de lentes intraoculares é indicado pelo oftalmologista geralmente quando a córnea não oferece condições para a cirurgia refrativa.

Talvez te interesse também:

 
Conselho Brasileiro de Oftalmologia oferece teleorientação gratuita sobre glaucoma para a população

Destaque

Conselho Brasileiro de Oftalmologia oferece teleorientação gratuita sobre glaucoma para a população

Pessoas interessadas em participar uma sessão gratuita e individual de teleorientacão sobre glaucoma têm até terça-feira para se inscreverem...

Mitos e verdades sobre o Glaucoma

Notícias

Mitos e verdades sobre o Glaucoma

O glaucoma é uma das principais causas da baixa visão e cegueira no mundo. Ocorre, em muitos casos, devido ao aumento de pressão do olho...

Conselho Brasileiro de Oftalmologia alerta sobre repercussões das doenças raras na saúde ocular

Notícias

Conselho Brasileiro de Oftalmologia alerta sobre repercussões das doenças raras na saúde ocular

No Brasil, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), atualmente, existem mais de 13 milhões de pessoas com doenças raras...

Top