Matérias

Alimentação saudável garante saúde ocular

Alimentação saudável garante saúde ocular

Uma alimentação saudável previne várias doenças em órgãos vitais do corpo humano, incluindo os olhos. Substâncias presentes em alguns alimentos são essenciais para o bom funcionamento da visão e para a saúde ocular. Consumir antioxidantes protege contra os radicais livres, retardando o envelhecimento do cristalino. Vegetais de folhas verde-escuras ajudam a proteger os tecidos oculares dos danos causados pela luz solar e a reduzir o risco de alterações visuais relacionadas ao envelhecimento. Vitaminas e nutrientes podem retardar a degeneração macular relacionada à idade (DMRI), doença que pode levar à cegueira. A água é o líquido essencial para a boa saúde, pois previne a desidratação, o que reduz os sintomas de olho seco.

Todos os nutrientes e vitaminas são importantes, pois cada um deles atua de forma diferente em nosso organismo. No entanto, existem alguns que atuam de forma mais direta e, por isso, se destacam quando se fala em saúde ocular. E, por outro lado, a falta deles pode contribuir para o surgimento e a evolução de doenças nos olhos.

Lembre-se que alimentação saudável ajuda o organismo no fortalecimento da imunidade e no controle de diversas doenças, como diabetes e hipertensão, que podem afetar seriamente a visão, inclusive, causando cegueira, como é o caso da retinopatia diabética.

Para manter a saúde ocular em dia, faça uma dieta balanceada com um cardápio variado e colorido. Invista em alimentos ricos em vitaminas A, E e ômega 3, que auxiliam na prevenção de problemas como o glaucoma, a catarata, a degeneração macular e o olho seco.

Os alimentos bons para os olhos são:

Frutas vermelhas ou roxas – São ricas em vitamina C, têm a função de combater os radicais livres e auxiliam na prevenção de perda de visão. Exemplos: morango, cereja, framboesa e amora.

Frutas amarelas ou verdes – São fontes de carotenoides, que previnem a deterioração da mácula. Exemplos: laranja, tangerina, limão e abacate.

Alimentos alaranjados – São ricos em vitamina A e betacaroteno, que funcionam como antioxidantes, ajudando a proteger a retina e o desgaste da mácula. Exemplos: cenoura, mamão e abóbora.

Peixe – É rico em ômega 3, minerais e vitaminas A, B, D e E. Ajuda na lubrificação dos olhos, favorecendo quem tem a síndrome do olho seco. Exemplos: salmão, truta, atum e sardinha.

Verduras – Dê preferência às de folhas verde-escuras, que apresentam uma concentração maior de luteína e vitaminas antioxidantes. Exemplos: couve, espinafre e brócolis.

Fígado – É rico em vitamina A, substância essencial para a saúde dos olhos.

Ovos – Possuem luteína, zeaxantina, vitamina C, vitamina E e zinco, nutrientes que ajudam a prevenir e proteger os olhos contra a cegueira noturna e olhos secos.

Azeite de oliva – É rico em ômega 3, auxiliando como antioxidante, e em vitamina E e polifenóis, que atuam com ação anti-inflamatória.

Óleo de linhaça – Contém ômega 3, ômega 6, ômega 9 e vitamina E, ajudam a fortalecer o sistema imunológico, auxiliando na lubrificação e hidratação dos olhos.

Água – Mantém a hidratação e previne a síndrome do olho seco.

A alimentação saudável é importante para a sua saúde ocular. No entanto, é indispensável que você também faça acompanhamento oftalmológico periódico para cuidar dos seus olhos, fazer prevenção e diagnosticar doenças precocemente.

Talvez te interesse também:

 
Você já ouviu falar em Toxoplasmose Ocular?

Destaques

Você já ouviu falar em Toxoplasmose Ocular?

Prevenir é sempre o melhor remédio...

5 perguntas e respostas para saber mais sobre reabilitação visual

Matérias

5 perguntas e respostas para saber mais sobre reabilitação visual

O oftalmologista é o agente catalisador do processo de reabilitação visual....

mitos e verdades sobre blefarite

Matérias

mitos e verdades sobre blefarite

À primeira vista, um nome atípico, mas a doença é mais comum do que parece, sendo, muitas vezes, confundida com terçol ou conjuntivite...

Top